Mostrando pesquisa para: Todas as localidades

Imunoglobulin 50mg/mL 1 Frasco-Ampola 100mL intrav (Hosp)

Início Medicamentos Doenças Do Sangue Imunoglobulina Humana Imunoglobulin 50mg/mL 1 Frasco-Ampola 100mL intrav (Hosp)

De R$ 2.249,00 até R$ 3.200,00

O seu médico pode indicar o uso deste medicamento em diversas doenças; muitas vezes, o uso se faz porque Imunoglobulin® pode melhorar a resposta de defesa do seu organismo. Em muitos casos, esse medicamento é utilizado em infecções bacterianas (principalmente, em...

Leia mais...
Fabricante: Blau
Tipo do Medicamento: Similar
Princípio Ativo: Imunoglobulina Humana
Necessita de Receita: Branca Comum (Dispensação Sob Prescrição Médica Restrito a Hospitais)
2249.00
Logo da empresa
R$ 2.249,00

Entregamos na sua região com melhor preço, prazo e de forma simples. Clique abaixo e fale conosco!

3200.00
Logo da empresa
R$ 3.200,00

Já atendemos mais de 4000 Demandas Judicias. Preço, Prazo e Confiança é Conosco! - Garantimos a entrega ou seu dinheiro de volta!

2773.19
Logo da empresa
R$ 2.773,19

Entregamos na sua região com melhor preço, prazo e de forma simples. Clique abaixo e fale conosco!

O seu médico pode indicar o uso deste medicamento em diversas doenças; muitas vezes, o uso se faz porque Imunoglobulin® pode melhorar a resposta de defesa do seu organismo.

Em muitos casos, esse medicamento é utilizado em infecções bacterianas (principalmente, em associação com antibióticos) ou em infecções por vírus, com o objetivo de acelerar a melhora clínica. Esse medicamento também é utilizado em muitas outras situações clínicas, como pacientes infectados pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV), nas infecções em prematuros ou após um transplante de medula óssea.

Como o Imunoglobulin funciona?

Imunoglobulin® é usado, muitas vezes, para melhorar a resposta da defesa do organismo.

Este medicamento não deve ser administrado em casos conhecidos de reações alérgicas a imunoglobulina e outros componentes da formulação.

Imunoglobulin® não é indicado para indivíduos com deficiência exclusiva do anticorpo tipo A, pois se administrado poderá levar a uma reação alérgica grave.

Aplicação intravenosa no braço.

Siga as instruções abaixo para a administração da solução injetável

  1. Deixar o medicamento fora da geladeira por 15 minutos antes de utilizá-lo. Respeitar as regras de higiene habituais.
  2. Retirar o lacre de plástico do frasco-ampola.
  3. Fazer a limpeza da superfície da tampa com algodão umedecido com álcool.
  4. Com o auxílio do equipo com filtro de 15µ para administração realizar a injeção intravenosa, conforme orientação do seu médico.

Posologia do Imunoglobulin

Agamaglobulinemia congênita, hipogamaglobulinemia, imunodeficiência combinada

A dose usual para o tratamento de reposição nessas doenças varia de 200 a 800 mg/Kg, numa média de 400 mg/Kg de peso corporal, em intervalos periódicos regulares, a critério do médico.

Púrpura trombocitopênica idiopática

A dose recomendada é 200 a 400 mg/Kg de peso corporal diariamente e a necessidade de doses adicionais pode ser determinada pela avaliação do médico.

Síndrome de Kawasaki

A dose recomendada é de 400 mg/Kg de peso corporal/dia, por 5 dias consecutivos.

Tratamento combinado com antibióticos em infecções bacterianas ou virais graves

A dose recomendada para adultos é de 2500 a 5000 mg e para crianças é de 100 a 150 mg/Kg de peso corporal administrada em dose única.

Síndrome de Guillain-Barré

A dosagem recomendada é 400 mg/Kg de peso corporal/dia, por 5 dias consecutivos.

A velocidade de infusão é de 0,01 mL/Kg de peso corporal/min, aumentando se para 0,02 mL/Kg de peso corporal/min, após 15 a 30 minutos. A maioria dos pacientes tolera um gradual aumento para 0,03 – 0,06 mL/Kg de peso corporal/min. Para um paciente com cerca de 70 Kg de peso corporal a velocidade de infusão é equivalente a 2 à 4 mL/min. Se ocorrerem reações adversas, a velocidade de infusão deve ser diminuída e, com isso, essas reações são usualmente eliminadas.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar o Imunoglobulin?

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

Imunoglobulin® é fabricado a partir de sangue humano. Para reduzir a possibilidade de infecções por vírus, esse medicamento é pasteurizado. Após a administração de Imunoglobulin®, o paciente deve ser acompanhado por um período longo de tempo.

Este medicamento contém maltose, pacientes diabéticos devem ter sua glicemia monitorada cuidadosamente.

Advertências do Imunoglobulin

Imunoglobulin® deve ser administrado em ambiente hospitalar, sob a vigilância de um profissional de saúde.

Certos efeitos indesejáveis podem ser causados pela velocidade de administração. A velocidade de administração recomendada deve ser rigorosamente seguida e, por segurança, os pacientes devem ser observados durante toda a aplicação. As alergias a este medicamento são raras. Uma intolerância à imunoglobulina pode desenvolver-se em casos muito raros em que o paciente possua anticorpos contra anticorpos do tipo A. Muitos efeitos indesejáveis estão relacionados com a velocidade de administração e podem ser reduzidos com a diminuição da velocidade de administração do medicamento ou interrompendo a sua aplicação. Podem ser usados antialérgicos.

Podem ocorrer ainda dor moderada no peito, no quadril ou nas costas, náusea, vômito, calafrio, febre, mal-estar, fadiga, sensação de fraqueza ou leve tontura, dor de cabeça, coceira, vermelhidão, pressão no peito e falta de ar.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento.

Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

População Especial do Imunoglobulin

Precauções para o uso durante a gravidez e lactação

Imunoglobulin® deve ser administrado em mulheres grávidas somente se for realmente necessário, ou, a critério do médico, se os benefícios superarem os possíveis riscos.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas ou que estejam amamentando sem orientação médica.

Informe imediatamente seu médico em caso de suspeita de gravidez ou início de amamentação durante o uso deste medicamento.

Cada 1mL de solução injetável contém:

Imunoglobulina humana 50 mg
Maltose 100 mg
Água para injetáveis q.s.

Apresentação do Imunoglobulin

Caixa contendo 1, 10 ou 100 frascos-ampola com solução injetável de Imunoglobulina Humana Normal nas doses de 0,5 g/10 mL, 1,0 g/20 mL, 2,5 g/50 mL, 3,0 g/60 mL, 5,0 g/100 mL e 10 g/200 mL.

Via de administração: intravenosa.

Uso adulto e pediátrico.

Ainda não há dados referentes a casos de superdosagem de Imunoglobulin®. Hipervolemia (aumento do volume de sangue circulante) ou hiperviscosidade (aumento da viscosidade do sangue circulante), poderão ocorrer em caso de dose excessiva, particularmente, em pacientes de risco, incluindo idosos e pacientes com insuficiência renal.

A superdose pode levar a uma sobrecarga circulatória e hiperviscosidade, especialmente em idosos e pacientes com distúrbios da função renal.

Em caso de uso de grande quantidade desde medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível.

Ligue para 08007226001, se você precisar de mais orientações.

A administração de Imunoglobulin® pode dificultar a eficácia de algumas vacinas, tais como contra sarampo, rubéola, caxumba e catapora. Após a administração de Imunoglobulin®, esperar, no mínimo, 6 semanas (preferencialmente 3 meses) antes de administrar esses tipos de vacinas.

Se o paciente recebeu essas vacinas nas duas semanas que antecederam a administração, procure seu médico que irá realizar o acompanhamento necessário.

Imunoglobulin® pode provocar resultados falsos em alguns exames de sangue, mas essa situação é passageira.

Informe seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

Características Farmacológicas

Farmacodinâmica

Solução de Imunoglobulina Humana, contendo principalmente IgG, a qual possui amplo espectro de atuação contra vários agentes infecciosos.

Opsonização e neutralização de microorganismos e toxinas foram documentadas. Imunoglobulina Humana em sua composição abrange diferentes tipos de subclasses de imunoglobulina muito semelhante, proporcionalmente, ao plasma humano e, por isso, contém todas as atividades de anticorpos de imunoglobulinas G normais. O mecanismo de ação das imunoglobulinas intravenosas ocorre por reposição tanto nos pacientes com certas imunodeficiências (primárias ou secundárias) como no controle de pacientes, logo antes ou alguns meses depois do transplante de medula óssea.

Na Púrpura Trombocitopênica Idiopática (PTI), o modo de ação ainda não é totalmente conhecido. Uma hipótese seria que o sítio “Fc” do anticorpo, em infusão, ocupa o receptor do sistema retículo-endotelial da célula fagocítica. Isto preveniria ou reduziria a porção “Fc” do anticorpo nas plaquetas pela ligação a estas células. A sobrevida das plaquetas seria desta forma aumentada. Alternativamente a Imunoglobulina Humana poderia fornecer anticorpos antiidiopáticos para neutralizar os anticorpos patogênicos.

Em Doenças Hemolíticas Auto-imunes e na rara Síndrome de Kawasaki, o modo de ação é ainda incerto também, mas supostamente similar ao modo de ação na PTI.

Farmacocinética

Imunoglobulinas intravenosas sob a forma líquida, tais como Imunoglobulina Humana, ficam imediatamente e completamente biodisponíveis na circulação após a administração intravenosa.

A distribuição ocorre entre o plasma e o fluido extravascular. Possui volume aparente de distribuição de 0,097 a 0,145 L/Kg. Após, aproximadamente, 3 a 5 dias, um equilíbrio é alcançado entre os compartimentos intra e extracelulares.

A meia-vida de imunoglobulinas intravenosas, não modificadas, normalmente é de 21 a 25 dias, podendo apresentar variações de paciente para paciente, que podem ter importância na determinação da posologia individual.

Imunoglobulina G e complexos de IgG são quebrados em células do sistema retículo endotelial.

Conservar o produto em geladeira entre 2ºC e 8ºC. Não colocar no freezer ou congelador.

Evitar a exposição direta à luz solar.

Prazo de validade: 30 meses a partir da data de fabricação.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Característica físicas

Este medicamento é uma solução injetável incolor e transparente e não devem ser observadas partículas estranhas.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Reg. MS nº116370044

Farm. Resp.:
Eliza Yukie Saito – CRF-SP n° 10.878

Fabricado por:
Green Cross Corporation
586, Gwahaksaneop 2-ro
Ochang-eup, Cheongwon-gu, Cheongju-si, Chungcheongbuk-do
Coréia do Sul

Importado e Embalado por:
Blau Farmacêutica S.A.
Rodovia Raposo Tavares Km 30,5 n° 2833 – Prédio 200
CEP 06705-030
Cotia – SP

Registrado por:
Blau Farmacêutica S.A.
CNPJ 58.430.828/0001-60
Rodovia Raposo Tavares Km 30,5 n° 2833 – Prédio 100
CEP 06705-030
Cotia – SP
Indústria Brasileira

Venda sob prescrição médica.

Uso restrito a hospitais.

Fontes consultadas

Fonte: Bula do Profissional do Medicamento Vigam Liquid.


Informações Profissionais
Fabricante: Blau
Tipo do Medicamento: Similar
Necessita de Receita: Branca Comum (Dispensação Sob Prescrição Médica Restrito a Hospitais)
Princípio Ativo: Imunoglobulina Humana
Categoria do Medicamento: Doenças Do Sangue
Classe Terapêutica: Imunoglobulinas Polivalentes Intravenosas
Especialidades: Alergia e Imunopatologia, Neurologia

Cookies

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.